A comunicação efetiva com o seu público é algo difícil de desenvolver e bem fácil de perder. Algumas marcas mundialmente conhecidas como Apple, Netflix, Nubank, Disney e Starbucks têm um fator chave em comum: todas possuem fãs, e não simples compradores.

Mas você pode se perguntar quais seriam as vantagens de se ter esse tipo de cliente, já que é algo tão trabalhoso de se ter. É bem simples: independente de qual seja a notícia, lançamento ou comunicado, eles se engajam com a mensagem passada. Entendeu o benefício? Quando você alcança o nível de mercado seleto dos brandlovers, é criada uma rede de compartilhamento orgânico com alcances enormes.

Mas o que são brandlovers? São grupos de pessoas consideradas mais do que clientes, já que foram cativadas por determinada marca e que, estão dispostos a apoiá-la, criar e compartilhar conteúdo de maneira espontânea. Um grande exemplo, são os grandes estúdios de cinema, como a Marvel Studios, recentemente vendida para a Disney. Sempre que um filme novo é lançado, dificilmente vemos trailers ou postagens nas redes sociais do próprio estúdio. Vemos na verdade, fãs ou grupo de fãs (portais de conteúdo) compartilhando por livre e espontânea vontade os materiais. Esse é o poder desse grupo!

Antes que você pare de ler esse texto alegando que sua empresa é pequena e que isso está longe de ser alcançado, lembre-se bem: Sua empresa não precisa ser uma gigante do mercado para ter seus próprios brandlovers e suas comunidades de engajamento. Existe um case bem próximo aqui na Soul, porque trata-se de um cliente nosso, a Atos 29 Store. Mesmo com um ano de mercado, desenvolvemos juntamente com eles uma comunidade bem grande, em todo o território nacional, de clientes que amam o propósito da loja e engajam com absolutamente tudo que a Atos 29 diz, lança ou faz.

Quer desenvolver isso em sua empresa também? Confira algumas dicas e exemplos para mostrar como é possível engajar clientes dentro de certos nichos e fazer com que eles ajudem na divulgação de sua marca e de seus produtos.

Busque formas de inspirar seus clientes. Marcas que criam uma rede de admiradores conseguem inspirar as pessoas. Como fazer isso? Comece com um atendimento diferenciado e vá abrangendo outras áreas como lançamento de produtos e eventos exclusivos para seus clientes (ou fãs).

Você tem uma hamburgueria ou algum outro time de serviço que oferece entrega a domicílio? Além do tempo (muito pequeno, frente ao resultado que geraria), o que custaria para você, além do pedido, fazer um bilhetinho caprichado com o nome da pessoa para entregar junto com a encomenda? Uma boa parte de seus clientes, que consomem conteúdos no meio digital, verão ali uma oportunidade de postar nas redes sociais o mimo que receberam. Agora imagina se você lhe entregar um brinde junto. O céu é o limite.

Mesmo que alguns deles não postem, a boa impressão da sua marca ficará na mente deles, abrindo assim um caminho para retenção e para geração de um futuro brandlover.

Exemplo de case | Frapuccino de Unicórnio do Starbucks:

Se você é um fã da Starbucks como nós da Soul, você deve se lembrar do lançamento do frapuccino de unicórnio com sabor de arco-íris.

Houve uma mídia espontânea espetacular pelas redes sociais, com pessoas postando em seus perfis fotos dessa novidade.

Gostou das dicas e dos exemplos? Ficou afim de começar? Fale conosco e comece um trabalho sólido com mídias sociais. Elas serão muito úteis para manter o relacionamento vivo e o sentimento de pertencimento cada vez mais forte. Se você conseguiu desenvolver clientes fanáticos por sua marca, sempre que eles puderem, não vão hesitar indicar a sua marca para outras pessoas, seja nas redes sociais ou cara a cara. E, meu amigo leitor, não há nada mais forte no marketing do que a indicação de alguém que confia em você e te admira.

Brandlover é o cliente que não te abandona e ainda traz outros clientes para você. E para alcançá-los, é necessário paciência e estratégias simples, porém assertivas.

Vamos desenvolver fãs juntos?