Dá pra imaginar que quando o Walt Disney apresentou pela primeira vez o seu personagem mais tradicional, o Mickey Mouse, várias pessoas riram dele dizendo que um rato como personagem de desenho animado jamais faria sucesso?

Não deixando de acreditar em seu potencial e na ideia de criar o personagem, ele aprimorou seus traços e foi em frente, sem dar ouvidos aos que que não acreditaram em seu sonho. E o fim desta história todo mundo conhece, que na verdade foi o início de muitas outras grandes histórias. E o Mickey Mouse? Tornou-se o ratinho mais amado, lembrado e famoso do mundo! Já pensou no final desta história caso ele tivesse desistido de seu personagem? 

Você já deve ter ouvido a frase de Thomas Edison que diz: ”O sucesso é constituído por 10% de inspiração e 90% de transpiração”. Ele próprio criou nada menos que 10 mil protótipos que não funcionaram antes de ter sucesso na criação da lâmpada elétrica. Deixou 10 invenções, que utilizamos ainda hoje. E a que conclusão chegamos? Para se ter sucesso é preciso muito mais transpiração do que de inspiração. Isso é, não devemos desistir daquilo que queremos se não der certo de primeira. Não dar certo não é nem de longe sinônimo de incapacidade ou fracasso. Enxergue como uma grande oportunidade para aprimorar-se e aprender novas maneiras de alcançar o seu objetivo!

Lembre-se que a persistência não é sinônimo de insistência! Persistência é mais do que uma atitude, é uma virtude!

Se você está neste momento e, passou pela sua cabeça que seu sonho não vai decolar, inspire-se em histórias de superação de algumas marcas antes de desistir!! E lembre-se de não ter medo, e não perca seu tempo com suposições. A simplicidade é sempre a melhor solução! 

Acredite e doe-se para suas ideias e não deixe de acreditar nos seus sonhos e propósitos.

E então? Que tal refletir e se inspirar em algumas histórias reais de superação e sucesso? 

James Cameron e o Titanic. Apesar do grande sucesso do Filme Titanic, a verdade é que nem sempre as coisas foram tão bem para o diretor do filme, James Cameron. A produção acabou estourando o orçamento, chegando a 200 milhões de dólares, fato este que quase fez com que interrompessem as gravações.

O lançamento também teve atraso, e do planejamento para lançar no verão, acabou indo ao ar apenas em novembro (inverno nos EUA). Isso gerou uma grande exposição na mídia, tanto do filme como do diretor.

Porém, quando o filme foi para o circuito, foi um tremendo sucesso de bilheteria, público e crítica, e levou 11 estatuetas no Oscar.  

Que lição fica? Só podemos ter a certeza absoluta do sucesso depois de seu lançamento, por isso, siga em frente e tenha foco em seu projeto.

Elvis Presley, Albert Einstein e Sylvester Stallone. O que eles têm em comum?

Em sua primeira apresentação, Elvis Presley ouviu da plateia que era melhor ele voltar a dirigir caminhões (sua profissão anterior). E quem ele se tornou? Quão longe ele conseguiu chegar? 

Já Albert Einstein só começou a falar aos 4 anos e a ler aos 7 anos. Por isso seus pais e professores achavam que ele tinha alguma limitação mental. Chegou a ser recusado pela Escola Politécnica de Zurique. Ele tornou-se uma lenda, um mito e deixou um legado na história.

Outra história empolgante de superação e persistência é a da vida do Sylvester Stallone. Ele é o homem que ensinou ao mundo que “não importa o quanto você sabe bater, e sim, o quanto aguenta apanhar", por meio do filme Rocky. Nasceu com uma paralisia facial o que lhe rendeu bullying na infância.

Em um ponto de sua vida estava tão pobre que acabou tendo que dormir na estação de ônibus de Nova York por 3 dias. O fundo do poço chegou quando ele teve de vender seu cachorro em uma loja de bebida para um estranho qualquer, pois não tinha dinheiro para alimenta-lo mais. Ele o vendeu por $25, e mais tarde, depois do grande sucesso de seu filme Rocky, o recomprou por $15,000. 

O que une estas histórias? Todos eles nunca demonstraram medo de tentar. O não já estava garantido, e o pior que poderia acontecer seria continuarem com o não. 

Aí é só transformar o limão em limonada!