Olá!

Hoje, nosso assunto se refere a uma técnica de grande e crescente relevância, voltada a pessoas que buscam seu auto aperfeiçoamento, sua melhoria contínua e significativa em suas relações com os outros e o meio.

A metodologia “Self Coaching” é a essência da filosofia do IBC e de sua formação em PSC. Tem como pressuposto básico que o SER HUMANO, é essencialmente PURA LUZ, com foco total no POSITIVO.

Quando tomamos a consciência de nossas fragilidades, e começamos a observar de forma consciente nossas ações e reações relacionadas aos meios com os quais nos relacionamos, fica muito claro a percepção que, se fossemos capazes de modificar algumas coisas, muitas outras poderiam ter nos dado um resultado melhor.

Já ouviu falar sobre o termo: “Cada cabeça, uma sentença?” ou ainda “Cada vida, uma história?” Isso quer dizer que, de fato, seja de forma consciente ou inconsciente, somos agentes passivos de nossos pensamentos, de nossas crenças e das verdades que acreditamos e permeiam as nossas mentes.

Na cultura oriental, há uma frase que deve nos servir de alerta, que diz: “Se você acredita que é capaz, isso é verdade. Se você acredita que não é capaz, isso também é verdade.”

Afirmações como eu quero, eu sou capaz, repetidas como num ritual, são um grande começo para conseguirmos ter uma programação mental positiva sempre, resultando em reflexões e resultados de figura arquetípica e Selfs de POSITIVIDADE, VERDADES, CONSTRUTIVAS e CURADORAS.

Uma premissa do Self Coaching, é acreditar fortemente que todo comportamento tem uma intenção positiva e que, por trás de qualquer atitude, sentimento ou ação, temos fundamentalmente uma essência o lado POSITIVO. No entanto, algumas vezes o meio nos leva a acreditar que não somos bons o suficiente, nem capazes de realizar alguma coisa. E isso, acaba por nos manter numa zona de conforto, sem auto confiança e sem a crença fundamental para nossa vida que é a de que podemos ser tudo aquilo que decidirmos e quisermos ser.

Em síntese, Self Coaching é a aliança da percepção do eu interno e do eu externo, como se fosse um único processo, uma continuidade. A compreensão da relação destes dois “Eus”, é o ponto de intercessão em que se dá o Self Coaching.

Sente que é hora de potencializar suas habilidades, desenvolver o seu autoconhecimento, e colocar-se em estado permanente de constante desenvolvimento?

Então venha começar a sua transformação. Estou esperando você!

Pense nisso e, inspire-se: