O que é ser FODA para você?

Hoje quero falar sobre uma provocação bem humorada que carrega um termo não muito comum de ser usado no meio empresarial, mais que certamente tem a capacidade de nos levar a reflexão sobre quem somos, o que temos feito, e no que queremos nos transformar em nossa trajetória.

Dia desses, nas andanças pelas poucas livrarias que sobraram aqui onde estou morando, me saltou aos olhos um livro com este título? SEJA FODA, de Caio Carneiro. Na mesma hora a minha imaginação foi ativada, e então pensei: o que teria de importante para aprender aqui, que me tornaria de fato FODA? E foi com esta motivação que o levei, para casa, para fazer parte de nosso arsenal de obras literárias que, viciosamente não abrimos mão de devorar com alta frequência em cada frestinha de tempo que garimpamos nos nossos dias corridos 😉    

Na minha percepção, sua chamada e maior apelo, é o de levar o leitor a pensar por alguns instantes em qual sentimento, percepção e imagem teremos de nós mesmos, e qual a imagem que os outros terão de nós no final de nossa jornada por aqui. Será que seriamos capazes de bater no peito com o coração cheio de felicidade, sem falsa modéstia, com plena convicção e serenidade, e dizer: minha vida foi FODA?

Ele transmite e ensina comportamentos e atitudes para conquistar, em todos os aspectos das nossas vidas, resultados incríveis.  Ele provoca e acaba por se tornar fonte de inspiração não só para que busquemos ter o “espírito elevado” e sonhar com coisas inimagináveis, mas também desafia para que nos tornemos conscientes do que precisamos fazer para realizar cada um de nossos sonhos.

A proposta é ENFODERAR-SE! E sabe o que, de fato, o autor quer dizer com ser foda? Ser FELIZ, OTIMISTA, DETERMINADO E ABUNDANTE! Show de bola né?! Eu curti demais isso. Dá para começar a entender porque queremos tanto ser FODAs!

Ter coragem de dar um basta, é o primeiro passo para ser FODA, já que coragem não é a ausência de medo, e sim avançar, apesar do medo. E é disso que precisamos ser feitos, de coragem!

Ter a inspiração como propósito também nos leva a ser FODA.

A confiança gera em nós um processo transformador, e sem ela nada seria arriscado e nenhum progresso alcançado. 😉

Finalmente, falando de nossas decisão e atitude, o autor deixa uma frase que leva muitos de nós a reflexão: “Não peça a Deus para guiar os seus passos, se você não estiver disposto a mover os seus pés.” E você? Anda se movendo rumo aos seus sonhos?

E só para lembrar, nossa vida está entre o nosso maior desejo, e o nosso maior temor. Então, bora viver e ser FODA! 

Ana Maria Lahor – Executiva de Estratégias da Soul Inteligência Criativa.