Caminhe com quem acredita em seus sonhos!


Dá pra imaginar que quando o Walt Disney apresentou pela primeira vez o seu personagem mais tradicional, o Mickey Mouse, várias pessoas riram dele dizendo que um rato como personagem de desenho animado jamais faria sucesso?

Não deixando de acreditar em seu potencial e na ideia de criar o personagem, ele aprimorou seus traços e foi em frente, sem dar ouvidos aos que que não acreditaram em seu sonho. E o fim desta história todo mundo conhece, que na verdade foi o início de muitas outras grandes histórias. E o Mickey Mouse? Tornou-se o ratinho mais amado, lembrado e famoso do mundo! Já pensou no final desta história caso ele tivesse desistido de seu personagem?

Você já deve ter ouvido a frase de Thomas Edison que diz: ”O sucesso é constituído por 10% de inspiração e 90% de transpiração”. Ele próprio criou nada menos que 10 mil protótipos que não funcionaram antes de ter sucesso na criação da lâmpada elétrica. Deixou 10 invenções, que utilizamos ainda hoje. E a que conclusão chegamos? Para se ter sucesso é preciso muito mais transpiração do que de inspiração. Isso é, não devemos desistir daquilo que queremos se não der certo de primeira. Não dar certo não é nem de longe sinônimo de incapacidade ou fracasso. Enxergue como uma grande oportunidade para aprimorar-se e aprender novas maneiras de alcançar o seu objetivo!

Lembre-se que a persistência não é sinônimo de insistência! Persistência é mais do que uma atitude, é uma virtude!

Se você está neste momento e, passou pela sua cabeça que seu sonho não vai decolar, inspire-se em histórias de superação de algumas marcas antes de desistir!! E lembre-se de não ter medo, e não perca seu tempo com suposições. A simplicidade é sempre a melhor solução!

Acredite e doe-se para suas ideias e não deixe de acreditar nos seus sonhos e propósitos.

E então? Que tal refletir e se inspirar em algumas histórias reais de superação e sucesso?

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Titanic.jpeg

James Cameron e o Titanic. Apesar do grande sucesso do Filme Titanic, a verdade é que nem sempre as coisas foram tão bem para o diretor do filme, James Cameron. A produção acabou estourando o orçamento, chegando a 200 milhões de dólares, fato este que quase fez com que interrompessem as gravações.

O lançamento também teve atraso, e do planejamento para lançar no verão, acabou indo ao ar apenas em novembro (inverno nos EUA). Isso gerou uma grande exposição na mídia, tanto do filme como do diretor.

Porém, quando o filme foi para o circuito, foi um tremendo sucesso de bilheteria, público e crítica, e levou 11 estatuetas no Oscar.

Que lição fica? Só podemos ter a certeza absoluta do sucesso depois de seu lançamento, por isso, siga em frente e tenha foco em seu projeto.

Elvis Presley, Albert Einstein e Sylvester Stallone. O que eles têm em comum?

Em sua primeira apresentação, Elvis Presley ouviu da plateia que era melhor ele voltar a dirigir caminhões (sua profissão anterior). E quem ele se tornou? Quão longe ele conseguiu chegar?

Já Albert Einstein só começou a falar aos 4 anos e a ler aos 7 anos. Por isso seus pais e professores achavam que ele tinha alguma limitação mental. Chegou a ser recusado pela Escola Politécnica de Zurique. Ele tornou-se uma lenda, um mito e deixou um legado na história.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é einstein.png

Outra história empolgante de superação e persistência é a da vida do Sylvester Stallone. Ele é o homem que ensinou ao mundo que “não importa o quanto você sabe bater, e sim, o quanto aguenta apanhar”, por meio do filme Rocky. Nasceu com uma paralisia facial o que lhe rendeu bullying na infância.

Em um ponto de sua vida estava tão pobre que acabou tendo que dormir na estação de ônibus de Nova York por 3 dias. O fundo do poço chegou quando ele teve de vender seu cachorro em uma loja de bebida para um estranho qualquer, pois não tinha dinheiro para alimenta-lo mais. Ele o vendeu por $25, e mais tarde, depois do grande sucesso de seu filme Rocky, o recomprou por $15,000.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é sylvester-stallone-1024x679.png

O que une estas histórias? Todos eles nunca demonstraram medo de tentar. O não já estava garantido, e o pior que poderia acontecer seria continuarem com o não.

Aí é só transformar o limão em limonada!

Ian, da Soul.

Curtiu o texto?

Aqui é o Ian, formado em Administração de Empresas pela UFU (Universidade Federal de Uberlândia – FAGEN), sou designer especialista em Criação de Identidades Visuais, Rótulos e Embalagens. Com mais de 5 anos de experiência, já trabalhei com marcas nacionais e internacionais.

Outros posts

Os meus dias após o livro “Roube Como Um Artista”

Como “devorador” de bons livros que me tornei, estava ansioso para ler “Roube como um artista”. Comprei numa segunda, chegou na quarta da mesma semana e, no sábado, já tinha acabado de ler! Me deleitei com cada capítulo, com muita atenção e entusiasmo. Anotei o que achei interessante e lotei ele com post-its (como faço […]

Ler mais

Eu sou FODA! E você?

O que é ser FODA para você? Hoje quero falar sobre uma provocação bem humorada que carrega um termo não muito comum de ser usado no meio empresarial, mais que certamente tem a capacidade de nos levar a reflexão sobre quem somos, o que temos feito, e no que queremos nos transformar em nossa trajetória. […]

Ler mais

Mais do que uma linha de produtos, o engajamento em uma causa!

Num momento onde o consumo consciente vem sido estimulado e levado cada vez mais a sério, várias marcas têm investido em produtos reciclados e sustentáveis, com o propósito de gerar o menor impacto possível ao planeta. Desde sabonetes, shampoos em barra, sacolas de mercado, t-shirts, escovas de dente, canudos de bambú, eco-bags, copos, coleções de […]

Ler mais

O que faz o seu cliente te querer?

Este artigo tem o objetivo de levantar uma importante reflexão sobre quais são os valores intrínsecos que passaram a ser essenciais para os negócios dentro do contexto das mudanças sociais que estamos vivendo. Reflita sobre isso! Hoje, para que se tenha sucesso nos negócios, as empresas devem ser capazes de gerenciar as expectativas de seus […]

Ler mais